© 2017 Todos direitos reservados para Monagri 

Direto da Alemanha, as novidades da Agritechnica 2019, maior feira de tecnologia do mundo

 

Maurício Nicocelli Netto - Consultor em Agricultura Digital, está participando da Agritechnica 2019, maior feira de tecnologia do mundo voltada para o agronegócio. A feira está no segundo dia e direto da Alemanha, o consultor falou com exclusividade ao Notícias Agrícolas para comentar os destaques da viagem. 

 

A Agritechnica é a maior feira do mundo e conta mais de 500 mil participantes, de mais de 70 países. "Eu fiquei muito  impressionado porque são mais de 200 máquinas de tratatores. É um jeito muito legal de se conectar e estar por dentro do que está rolando na agricultura mundial", comenta o consultor. 

 

Apesar de já estar há dois dias na Alemanha, a viagem começou em Portugal e também teve passagem pela Espanha. Em Portugal, Maurício visitou Universidade de Porto, onde conheceu um projeto voltado para agricultura e sustentabilidade e destacou que o Brasil não fica para trás nessas questões.

"Lógico que eles têm uma agricultura mais antiga que a nossa, mas quando eu volto pro Brasil pensando na Embrapa Cerrado, é bacana ver que estamos no caminho certo", afirma. Outro ponto que chamou atenção do consultor, são as questões envolvendo o controle biólogico, que está sendo utilizado no Brasil e também em Portugal. "É bacana ver que a gente está tomando a posção certa em relação aos manejos que a Europa faz e nós estamos fazendo também", afirma. 

 

Já em Barcelona, Maurício acompanhou de perto as evoluções tecnológicas em prol do agronegócio. "É bacana ver que eles começaram com os serviços de drones e rapidamente tiveram aportes de investimentos e hoje trabalham com a inteligência artifical", explica.

 

Ele ressalta que é muito interessante ver que as empresas já estão trabalhando em um processo de evolução, aliando a tecnologia e agricultura. "É legal estar olhando pra frente, que você pode agregar valor ao seu produto. Acho que esse é o grande diferecial que a agricultura pode fazer nos próximos anos", destaca.

 

Na Alemanha, Maurício está no segundo dia de feira e destacou que está focado em buscar informações que ajude aumentar a conectividade no campo.  "Acho que o produtor tem essa dificuldade no Brasil, de ter um software que mostre as informações mais fáceis", diz. Também aproveitou a oportunidade para conhecer mais sobre robóticas que estão sendo utilizando na Europa, tanto os testes e máquinas que já estão sendo utilizadas nas lavouras.

 

Segundo o consultor, na Europa as questões envolvendo a conectividade estão mais avançadas quando comparadas com a situação atual do produtor brasileiro. "A gente perde por ter esse fator, não ter conectividade no Brasil como um todo. E quando a gente tiver, nós vamos ser muito mais competitivos que nosso concorrente", avalia. 

 

Destaca ainda que muitas das tecnologias já utilizadas na Europa têm pontencial para também serem utilizadas no agronegócio do Brasil. "Muitas delas tem total viabilidade no Brasil. Eu conversei com pelo 30 empresas e pelo menos com 10 a gente tem interesse em começar uma parceria no Brasil para testar os equipamentos", afirma. 

 

Confira a entrevista completa no vídeo acima

 

Por: Aleksander Horta e Virgínia Alves

Fonte: Notícias Agrícolas

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaque

MONAGRI participa do VI Seminário de Agricultura de Precisão na ESALQ-USP.

November 25, 2017

1/1
Please reload

Tags
Please reload